Gatsby

Ela tinha todos os defeitos que eu evitava em alguém e por ser tão óbvia a incompatibilidade acabei por não conseguir evitá-la. Daí que seus defeitos nem me incomodavam a ponto de esquecê-los e pensar que talvez houvesse uma real chance de algo dar certo nisso tudo. Desejei mesmo isto. Mas nada nunca dá certo quando é só isso que queremos, porque quem vive só de um sonho tem tudo a perder. Como Gatsby, você sabe. Todas suas construções eram sobre uma ilusão. E quando a ilusão acaba não há mais nada para se agarrar. Nada.

Anúncios

4 comentários sobre “Gatsby

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s